Imprensa Sindical

Home

Trabalhar por mais de 55 horas semanais traz riscos à saúde, diz pesquisa


Profissionais que trabalham tais horas mantém 33% a mais de chance de sofrer um derrame cerebral e 13% mais chances de ter doenças cardíacas. A pessoa que trabalha menos de 40 horas por semana tem um sono melhor. Você sabia que trabalhar por mais de 55 horas semanais faz mal para a saúde? Uma pesquisa realizada em diversos países europeus, nos Estados Unidos e na Austrália, indica que aqueles profissionais que trabalham tais horas mantém 33% chance a mais de sofrer um derrame cerebral e 13% chances a mais de ter doenças cardíacas. A pesquisa foi baseada na análise de 25 estudos diversos, reproduzido com mais de 600 mil pessoas. Segundo um relatório periódico da Organização Internacional Sleep Research Society, a pessoa que trabalha menos de 40 horas por semana tem um sono melhor, além de evitar a ansiedade, a obesidade, a depressão e previnirem a insônia. A surpresa, no entanto, não é apenas esses benefíos de saúde. Foi analisado que trabalhar menos também é um incentivo para que os profissionais se tornam mais produtivos. Por este motivo, algumas empresas já vêm cogitando instituir um período reservado para o cochilo entre os turnos do trabalho. Em uma recente pesquisa divulgada pela rede britânica BBC, foi comprovado que a "soneca" traz muitos benefícios, entre eles a melhora na produção do trabalho.


São Paulo

Pitch Gov.SP seleciona start-ups para melhorar serviços públicos

Geraldo Alckimin, Governador do Estado de São Paulo

São Paulo - SP

Prefeitura inicia em avenida da Zona Leste nova etapa do programa Asfalto Novo

João Doria, Prefeito de São Paulo

LU ALCKMIN-SP

Lu Alckmin visita projeto “Solidariedade em Fios” no Parque da Água Branca

Lu Alckimin SP

COREN - SP

Fabíola Campos: uma trajetória em defesa da saúde e das mulheres

Fabíola Campos, Pres. do COREN -SP

DAVID UIP - SP

Pró-Sangue realizou “semana doce” para o doador de sangue

David Uip, sec. de Estado da Saúde de São Paulo

SECOVI - SP

Flavio Amary foi reeleito presidente do Secovi-SP

Flávio Amaury, Presidente do Secovi

Sintracon-Itapevi-SP

Cenário é ideal para exploração de mão de obra barata

Ângelo Luiz Angelini, presidente do Sintracon

SUPLICY

A LUTA DO TEATRO OFICINA É NOSSA

Eduardo Suplicy, vereador de São Paulo

SINDUSCON-SP

Construção espera retomar crescimento em 2018

José Romeu Ferraz Neto, presidente do Sinduscon-SP

CUT NACIONAL

Se o Congresso mexer na Previdência, o Brasil vai parar

Vagner Freitas, presidente da CUT

PRAIA GRANDE-SP

Em PG, tecnologia é importante aliada da área de Segurança Pública

Alberto Mourão, pres. do Condesb e prefeito de Praia Grande

Guarulhos-SP

Prefeitura de Guarulhos lança o primeiro Centro de Inovação Tecnológica da cidade

Prefeito de Guarulhos, Guti

METALÚRGICOS GUARULHOS-SP

Programa social dos metalúrgicos de Guarulhos completa 15 anos

José Pereira, presidente do Sindicato

PAULINHO DA FORÇA-SP

Ação Sindical em prol dos direitos!

Paulinho da Força, presidente da Força Sindical e deputado federal

METALÚRGICOS-SP

Valorizar as conquistas!

Miguel Torres, pres. Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo

SINTRACON/Jundiaí-SP

Carnaval, copa do mundo e eleições, assim será 2018

José Carlos da Silva, pres. do Sintracon/Jundiaí-SP

BAHIA

Novos hospitais e policlínicas regionais vão ampliar atendimento e levar serviços de saúde para 4 milhões de baianos

Governador da Bahia, Rui Costa

SINDIQUÍMICA-BA

Petroquímicos baianos fazem greve para pressionar empresas a avançar na campanha salarial

SINDIQUÍMICA-BA

SINDUSCON-MG

O FGTS e os projetos de lei que o desviam do sonho da casa própria

Geraldo Linhares, vice-presidente do Sinduscon-MG

SINDSAÚDE-SP

Servidores entregam pauta de reivindicações ao governo Alckmin (PSDB) e prometem greve

Douglas Izzo, presidente da CUT-SP