SINTEPAV/BA


Sintepav BA na Luta por Direitos e Emprego


//O Sintepav BA – Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada da Bahia, iniciou o processo de organização da Campanha Salarial 2017 com aplicação de pesquisas em diversas obras da Bahia com o objetivo de formular a pauta de reivindicações da categoria de forma democrática e a partir dos anseios dos trabalhadores.
Além disso, realizou reuniões com os dirigentes sindicais, assessores e funcionários, debatendo estratégias de trabalho que contribuam para a busca da consolidação das reivindicações para ampliação dos direitos dos trabalhadores. A categoria com data base em 1º de março, está mobilizada em toda Bahia e tem como mote “Lutar pelos Direitos e Empregos”. O sindicato realizou centenas de assembleias em que intensificou a organização e os trabalhadores estabeleceram as condições e os caminhos para conquistar as reivindicações definidas coletivamente.

O presidente em exercício do Sintepav BA, Irailson Warneaux (Gazo), destaca a importância da unidade da categoria neste momento de luta. “Debatemos a Campanha
Salarial 2017, os v alores sociais do trabalho, as dificuldades do setor e as nossas perspectivas. Nossa luta não será fácil, teremos que enfrentar uma pauta regressiva
do patronal no cenário de incertezas e que coloca em risco direitos conquistados historicamente. Os trabalhadores também tem se posicionado em todas as assembleias contra uma reforma trabalhista e da previdência que reduza direitos”.

Na Bahia são mais de 20 mil trabalhadores da construção pesada, distribuídos em 218 obras, com 577 empresas, responsáveis pela construção dos Parques Eólicos, Parque Solar, terraplanagem, pavimentação, saneamento básico, estradas e rodagens, linhas de transmissão, Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL), rodovias, barragens, entre outras. Para o presidente do Sintepav BA e deputado federal, Bebeto Galvão, com os trabalhadores juntos e a consciência política da categoria
não faltará vigor, compromisso e capacidade para lutar. “Nossa identidade se forja no reconhecimento de quem somos: trabalhadores.

A formação social da categoria mudou positivamente, homens e mulheres com maior formação, massa crítica apurada, protagonismo social e consciência política”,
destaca. No momento em que o país precisa fortalecer a sua economia e gerar novos empregos, as obras da construção pesada, como a ampliação do Metrô de Salvador, a construção de corredores exclusivos, a consolidação de novas matrizes enérgicas com a construção de parques eólicos, usinas de energia solar e linhas de transmissão são fundamentais para o desenvolvimento do Brasil e da Bahia. Assim, o sindicato deseja chegar a uma negociação mantendo a coesão política e sinergia para chegar a um resultado que preserve a vida e amplie os direitos dos trabalhadores.

“Vamos continuar fazendo história e tencionar a luta por justiça social. A nossa luta tem demonstrado que juntos somos mais fortes e coletivamente podemos alcançar conquistas sólidas e uma perspectiva real de um futuro mais justo para os trabalhadores (as)”, destaca Gazo. Reuniões – Além das assembleias, os dirigentes do Sintepav BA realizaram reuniões com prefeitos, gestores e lideranças das diversas regiões do estado com o objetivo de debater assuntos relativos a gestão pública e projetos que contribuam para a vida dos trabalhadores e o desenvolvimento local. Para Gazo, esse processo é fundamental para ampliar a atuação do sindicato em defesa da categoria. “Durante essas reuniões organizamos a possibilidade de outros projetos que possam ajudar o cotidiano dos trabalhadores que representamos. A Bahia precisa ser cada vez mais justa para os nossos e lutaremos sempre nessa assertiva”, destaca.