SÃO PAULO


Em São José do Rio Preto, 1,3 mil famílias ganham casa própria


raldo Alckmin participou dia 24 de março da entrega de 1,3 mil casas do Morar Bem, Viver Melhor para famílias de baixa renda de São José do Rio Preto.

As unidades do Residencial Jardim da Solidariedade são resultado de uma parceria entre o governo do Estado, por meio da Casa Paulista, e o programa federal Minha
Casa, Minha Vida. O presidente Michel Temer também compareceu à cerimônia. “Temos uma parceria com o governo federal.

E complementamos o recurso federal. Isso possibilita uma casa maior e melhor aos cidadãos que vivem aqui no Estado de São Paulo”, declarou Alckmin.

O investimento total foi de R$ 111,8 milhões, dos quais R$ 13 milhões são oriundos do governo de SP, a fundo perdido –R$ 10 mil por habitação– e R$ 98,8 milhões da
União. Os recursos foram repassados pelo governo paulista para a Caixa Econômica Federal, agente financeiro responsável pela contratação de empresas, supervisão de obras e financiamento dos empreendimentos. A construtora responsável pela obra foi a Realiza Engenharia. Casa para quem precisa As moradias são destinadas às famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil e que nunca tiveram casa. Os beneficiados terão 120 meses para a quitação do imóvel. A menor prestação é de R$ 80/mês e a maior de R$ 270/mês, dependendo da renda familiar mensal.

As novas unidades têm aquecimento solar para água do chuveiro e incorporaram as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade da Secretaria de Estado da Habitação. Com 40,05 m² de área útil, possuem dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos nas paredes da cozinha e do banheiro, medição individualizada de água, acessibilidade, entre outras melhorias. Os condomínios contam com completa infraestrutura urbana,

pavimentação, paisagismo, iluminação pública e redes de água, esgoto e elétrica, quadra poliesportiva, playground, área de lazer, centro comunitário e espaço para
estacionamento.